Bookbuilding

Os valores mobiliários (debêntures e ações, por exemplo) são oferecidos em uma oferta primária ou secundária a determinado preço, que pode ser fixo ou resultar do processo de bookbuilding.

A formação de preço pelo mecanismo de bookbuilding considera a demanda apresentada pelos investidores (quantidade que cada um deseja comprar) e o preço máximo por ativo que cada um está disposto a pagar. Apura as ofertas de intenções de compra de investidores, auxiliando a companhia na definição da remuneração da debênture, pois permite que ela tenha uma melhor percepção das condições do mercado.

Ou seja, o bookbuilding é o processo pelo qual um coordenador busca determinar o preço de lançamento de uma oferta pública, baseado na demanda de investidores institucionais. Esse processo realiza uma consulta prévia para a definição da remuneração da debênture ou de eventuais variações (ágio ou deságio) no preço de subscrição.

Nos casos em que é adotada a prática de bookbuilding pelas instituições itermediárias, a CVM deverá ter analisado todos os documentos necessários ao registro previamente à fixação da remuneração.

Por fim, é importante salientar que, caso ocorra mais de uma série com bases de remuneração diversas, o processo de bookbuilding pode também se prestar para determinar a alocação, em cada uma dessas séries, do volume a ser captado.

e-Bookbuilding

É uma ferramenta para a apuração de intenções de compra de ativos via Internet, que facilita a interligação virtual dos participantes do sistema de distribuição de títulos e valores mobiliários na BM&FBovespa S.A. – Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros.

Ele permite a realização de bookbuilding de colocações primárias ou secundárias de ações, debêntures, notas promissórias, certificados de recebíveis imobiliários e cota de fundos. Têm acesso ao sistema as instituições financeiras, os emissores e os investidores.

Toda a comunicação entre os participantes é feita eletronicamente, inclusive o envio de convites para a participação nos eventos, o controle de senhas de acesso, envio das ofertas e até a divulgação dos resultados.

Por meio do sistema, os investidores podem verificar as características do ativo e do evento, enviar suas ofertas de interesse de compra, com quantidade e preço/taxa, e consultar, a qualquer tempo, as ofertas inseridas.

Os coordenadores, ao término do período determinado para a inserção de ofertas, verificam o resultado apurado, de acordo com os parâmetros previamente estabelecidos para a apuração.

Fonte: www.comoinvestir.com.br