Como Negociar

Comprar e vender títulos públicos é relativamente simples, basta realizar o cadastro no Tesouro Direto através de algum agente de custódia da CBLC e efetuar as compras ou vendas. Antes de partir para as compras, vale lembrar que o investidor precisa ser cadastrado no programa. Depois disto, as transações são feitas pela própria pessoa física ou por meio de algum dos bancos ou corretoras habilitados no Tesouro Direto (Agente de Custódia), com a devida autorização do investidor.

É possível efetuar as compras por três formas distintas:

  • Diretamente no site do Tesouro Direto - O investidor deve se cadastrar no Tesouro Direto por meio de um Agente de Custódia da CBLC, que pode ser uma Corretora de Valores, Banco Comercial, Múltiplo ou de Investimento e Distribuidora de Valores. Após o cadastro, com senha individual, o investidor acessa uma tela específica na área restrita do site e negocia seus títulos públicos;
  • Por meio de um Agente de Custódia. O investidor autoriza o Agente de Custódia (Bancos e Corretoras habilitados) a negociar títulos públicos em seu nome, no site do Tesouro Direto. Essa opção é indicada para quem não tem acesso à Internet ou, por algum motivo, não deseja comprar pessoalmente;
  • Diretamente no site do Agente de Custódia. Alguns Bancos e Corretoras habilitados integraram seus sites ao do Tesouro Direto. Isso significa que o investidor pode negociar seus títulos públicos no site da própria instituição financeira, em tempo real e com os mesmos preços e taxas do site do Tesouro Direto. Todavia, esta opção é disponível somente em algumas Corretoras e Bancos, divulgados pelo Tesouro Direto.

Custos do Tesouro Direto

Há uma taxa de 0,30% ao ano sobre o valor dos títulos em custódia, relativa à prestação dos serviços de guarda dos títulos e informação dos saldos e movimentações dos investidores. Esta taxa é cobrada pela CBLC. Além disto, os agentes financeiros que intermediam as operações realizadas pelo Tesouro Direto cobram taxas de serviços (corretagem) que são livremente pactuadas com os investidores.

No primeiro ano de negociação ha a cobrança de uma taxa adicional no valor de 0,10% sobre o valor dos títulos em custódia, esta cobrança é feita apenas no primeiro ano.

Fonte: www.comoinvestir.com.br

Últimas Notícias

Hypermarcas formaliza compra da York por R$95 milhões

17/09/2010 16:45
A companhia passará a deter pouco mais de 99 por cento do capital da York, fabricante e distribuidora de hastes flexíveis, curativos, absorventes e algodões Exame/Arquivo Hypermarcas pagou 95 milhões de reais pela York São Paulo - A Hypermarcas formalizou na...

JBS Friboi pode desistir de associação na Itália

17/09/2010 16:41
JBS revelou agravamento das relações com grupo italiano Cremonini e afirmou que não há mais condições de manter a sociedade   Arquivo Gado do JBS: joint venture com italianos será rompida São Paulo - O presidente do conselho de administração da Inalca JBS, Marco...

Sinopec e CNOOC podem fazer oferta de US$7 bilhões pela OGX

11/09/2010 14:38
Empresa de Eike Batista pode vender participações em blocos petrolíferos após descobertas de hidrocarbonetos Reuters  HONG KONG - A chinesas Sinopec Group e CNOOC estão fazendo ofertas por participações em ativos detidos pela OGX, empresa petrolífera iniciante do empresário...
<< 56 | 57 | 58 | 59 | 60