Ações do Bradesco devem ter maior liquidez após aumento de capital estrangeiro

17/01/2012 14:42

Autorização de participação foi elevada de 14% para 30%, segundo o Diário Oficial

 

Gustavo Kahil, de

Divulgacao

Bradesco

Segundo o banco, a mudança irá atender à potencial de demanda de papéis no exterior

São Paulo – As ações ordinárias do Bradesco (BBDC4; BBDC3) devem ganhar liquidez após a autorização do aumento da participação de estrangeiros no capital do banco de 14% para 30%, segundo publicado no Diário Oficial da União.

Segundo o banco, a mudança irá atender à potencial de demanda de papéis no exterior por meio de um programa de ADRs (American Depositary Receipts – ações negociadas na bolsa americana).

“A constituição do referido programa está em linha com a política de adotar mecanismos para incrementar a liquidez e valorização das ações de emissão do Bradesco”, mostra um comunicado do Bradesco enviado à CVM (Comissão de Valores Mobiliários) hoje.

A colocação dos papéis só deverá ocorrer após o cumprimento das exigências e formalidades que se fizerem necessárias, diz Luiz Carlos Angelotti, Diretor Executivo Gerente e Diretor de Relações com Investidores, que assina o documento.