BicBanco nega a existência de contrato de venda

23/09/2013 22:54

Rumores de venda da instituição fizeram com que diretores se pronunciassem

Agência do BicBanco no centro do Rio de Janeiro

Rumores: Banco Central está dentro do banco há dois meses (Wânia Corredo/Agência O Globo)

Os acionistas controladores do Banco Industrial e Comercial (BicBanco) informaram, por meio de comunicado, que não há nenhum contrato celebrado com terceiros para a alienação do controle da instituição. A informação é uma resposta aos rumores que surgiram recentemente de que o banco poderia ser vendido. O documento é assinado por Milto Bardini, diretor de Relações com Investidores do BicBanco.

No ano passado, a instituição chegou perto de adquirir a unidade brasileira do alemão West LB, que acabou sendo comprado pelo japonês Mizuho. Na última sexta-feira, reportagem publicada pela Agência Estado trouxe informações de fontes de mercado sobre o interesse de um banco chinês, o China Construction Bank (CCB), e também de instituições brasileiras (BTG Pactual, Bradesco e Itaú Unibanco) na aquisição do BicBanco. 

Segundo a matéria, o BicBanco teria aberto seus números para possíveis interessados e, conforme executivos, é natural que várias instituições avaliem os dados, mesmo que não haja a intenção de realizar a aquisição.

Comentou-se ainda que o próprio Banco Central estaria sugerindo a compra do BicBanco e que estava na instituição há cerca de dois meses. O BC informou, via assessoria de imprensa, que não está convidando quem quer que seja para olhar os números do BicBanco e negou que esteja há dois meses ajudando na gestão da instituição.

Contudo, o órgão regulador destacou que estar em uma instituição financeira é parte do seu trabalho. "Há instituições financeiras que pelo porte/risco o Banco Central está permanentemente", disse, e acrescentou que a supervisão do sistema bancário inclui monitoramento contínuo e inspeções modulares com base em risco e ações planejadas e que não comenta ações específicas.

Procurado, o BicBanco disse, por meio de sua assessoria de imprensa, que não comentaria o que classificou de rumores. BTG Pactual, Bradesco e Itaú Unibanco também não comentaram.

Cenário - No primeiro semestre, o BicBanco fez ajustes que resultaram na demissão de mais de 160 funcionários - agora são 772 colaboradores - e fechamento de cinco pontos de atendimento.

Paralelo a este processo, o banco informou, no início de setembro, que foi multado pelo BC em junho do ano passado em 200 mil reais, alegando que a gestão da carteira de crédito da instituição estaria em desacordo com as práticas de boa gestão e segurança operacional, além de não ter implementado medidas apropriadas para garantir o bom funcionamento dos seus sistemas de controles internos.

Em julho, os bônus do BicBanco operaram sob forte pressão após a agência de classificação de risco Moody's colocar em revisão para possível rebaixamento os ratings e, nos últimos dias, com rumores de que o Banco Central estaria conduzindo uma auditoria na instituição. Em 8 de agosto, a instituição anunciou a recompra de parte dos bônus subordinados com vencimento em 2020 e conseguiu retirar esses títulos das mínimas em que vinham operando, apesar de já estarem recomprando os bônus seniores, com vencimento em 2015.

(com Estadão Conteúdo)

Últimas Notícias

Caixa precisará de injeção de até R$ 25 bi, dizem fontes

06/06/2016 23:40
Andrevruas/Wikimedia Commons Agência da Caixa: banco necessita de uma injeção de capital de até R$ 25 bilhões (US$ 7 bilhões), ou cerca de 2 por cento da arrecadação federal em 2015, segundo um analista Cristiane Lucchesi e Francisco Marcelino, da Bloomberg Em seu primeiro mês...

Embraer e Horizon Air fecham contrato de US$ 2,8 bi

12/04/2016 22:53
Divulgação/Embraer Jato E175, da Embraer: com esse contrato, a Embraer já vendeu 332 aviões E175 a companhias aéreas da América do Norte Da AFP A Embraer assinou um acordo com a americana Horizon Air para a venda de 30 aeronaves E175, por 2,8 bilhões de dólares a preço de...

Eletrobras contrata banco para vender ativos da Eletrosul

28/03/2016 22:57
Adriano Machado/Bloomberg Linhas de transmissão da Eletrobras: estatal quer levantar 2 bilhões com venda de ativos, que incluem usinas eólicas e linhas de transmissão da Eletrosul. Da REUTERS São Paulo/Rio de Janeiro - A estatal Eletrobras contratou o banco Credit Suisse para...

CSN é condenada a pagar multa de R$ 13 mi

13/02/2016 18:00
Douglas Engle/Bloomberg News CSN: siderúrgica leva multa por problemas em Usina Presidente Vargas Do Estadão Conteúdo Rio – A CSN foi condenada a pagar R$ 13 milhões por ter descumprido um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), segundo o Ministério Público do Rio de...

Fitch diz que resultado da Gol eleva risco de inadimplência

04/02/2016 20:22
Exame.com/Karin Salomão Gol: para a Fitch, o principal risco à nota da Gol é a deterioração da demanda, que deve sofrer pressão dado o ambiente econômico no Brasil Marcelo Osakabe, do Estadão Conteúdo São Paulo - Caso não ocorra novo aporte de capital por parte de seus...

Eletrobras vai avaliar ativos da Abengoa, diz presidente

26/01/2016 21:01
Divulgação Subestação Assis, da Abengoa Brasil: no Brasil, a Abengoa tem sua principal atuação na transmissão de energia, segmento em que a própria Eletrobras atua fortemente Leonardo Goy, da REUTERS Brasília - A estatal Eletrobras vai analisar a possibilidade de disputar ativos...

Rio Tinto pode tirar Vale do 1º lugar em produção de minério

24/01/2016 18:32
Yusuf Ahmad/Reuters Funcionário da Vale: Rio Tinto prevê que a produção de suas minas, incluindo as toneladas alocadas a parceiros, aumentará cerca de 7 por cento neste ano David Stringer, da Bloomberg A Rio Tinto está prestes a empatar com a Vale – ou até mesmo desbancá-la – no...

Terminal da Vale no Maranhão será o maior do mundo em 2018

06/01/2016 22:27
Minério de ferro no Terminal Marítimo da Ponta da Madeira, da Companhia Vale do Rio Doce Da REUTERS São Paulo - O porto de Ponta da Madeira (TMPM), operado pela mineradora Vale em São Luís (MA), que completa 30 anos de operação nesta quarta-feira, está em processo de expansão para...

Calotes deixam Petrobras com R$1 bi a receber, diz Aneel

07/12/2015 20:55
Ueslei Marcelino/Reuters Petrobras: documento lista os créditos de empresas do setor nas liquidações financeiras da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica Da REUTERS São Paulo - A suspensão de liquidações financeiras do mercado de energia elétrica e a inadimplência elevada...

CPFL vê onda de venda de ativos com estrangeiros na disputa

03/12/2015 21:21
Divulgação CPFL: a CPFL pode aproveitar para ampliar sua fatia no mercado brasileiro de distribuição, hoje em 13 por cento Luciano Costa, da REUTERS São Paulo - A CPFL Energia vê um cenário aquecido para vendas de ativos de geração e distribuição de energia no Brasil nos próximos...
<< 1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>