BicBanco nega a existência de contrato de venda

23/09/2013 22:54

Rumores de venda da instituição fizeram com que diretores se pronunciassem

Agência do BicBanco no centro do Rio de Janeiro

Rumores: Banco Central está dentro do banco há dois meses (Wânia Corredo/Agência O Globo)

Os acionistas controladores do Banco Industrial e Comercial (BicBanco) informaram, por meio de comunicado, que não há nenhum contrato celebrado com terceiros para a alienação do controle da instituição. A informação é uma resposta aos rumores que surgiram recentemente de que o banco poderia ser vendido. O documento é assinado por Milto Bardini, diretor de Relações com Investidores do BicBanco.

No ano passado, a instituição chegou perto de adquirir a unidade brasileira do alemão West LB, que acabou sendo comprado pelo japonês Mizuho. Na última sexta-feira, reportagem publicada pela Agência Estado trouxe informações de fontes de mercado sobre o interesse de um banco chinês, o China Construction Bank (CCB), e também de instituições brasileiras (BTG Pactual, Bradesco e Itaú Unibanco) na aquisição do BicBanco. 

Segundo a matéria, o BicBanco teria aberto seus números para possíveis interessados e, conforme executivos, é natural que várias instituições avaliem os dados, mesmo que não haja a intenção de realizar a aquisição.

Comentou-se ainda que o próprio Banco Central estaria sugerindo a compra do BicBanco e que estava na instituição há cerca de dois meses. O BC informou, via assessoria de imprensa, que não está convidando quem quer que seja para olhar os números do BicBanco e negou que esteja há dois meses ajudando na gestão da instituição.

Contudo, o órgão regulador destacou que estar em uma instituição financeira é parte do seu trabalho. "Há instituições financeiras que pelo porte/risco o Banco Central está permanentemente", disse, e acrescentou que a supervisão do sistema bancário inclui monitoramento contínuo e inspeções modulares com base em risco e ações planejadas e que não comenta ações específicas.

Procurado, o BicBanco disse, por meio de sua assessoria de imprensa, que não comentaria o que classificou de rumores. BTG Pactual, Bradesco e Itaú Unibanco também não comentaram.

Cenário - No primeiro semestre, o BicBanco fez ajustes que resultaram na demissão de mais de 160 funcionários - agora são 772 colaboradores - e fechamento de cinco pontos de atendimento.

Paralelo a este processo, o banco informou, no início de setembro, que foi multado pelo BC em junho do ano passado em 200 mil reais, alegando que a gestão da carteira de crédito da instituição estaria em desacordo com as práticas de boa gestão e segurança operacional, além de não ter implementado medidas apropriadas para garantir o bom funcionamento dos seus sistemas de controles internos.

Em julho, os bônus do BicBanco operaram sob forte pressão após a agência de classificação de risco Moody's colocar em revisão para possível rebaixamento os ratings e, nos últimos dias, com rumores de que o Banco Central estaria conduzindo uma auditoria na instituição. Em 8 de agosto, a instituição anunciou a recompra de parte dos bônus subordinados com vencimento em 2020 e conseguiu retirar esses títulos das mínimas em que vinham operando, apesar de já estarem recomprando os bônus seniores, com vencimento em 2015.

(com Estadão Conteúdo)

Últimas Notícias

MPX obtém R$ 1,3 bilhão para investir em gás natural

10/03/2011 14:53
MPX planeja aplicar recursos na exploração da Bacia do Parnaíba, no Maranhão Márcio Juliboni, de   Marcelo Correa/EXAME.com Eike Batista, dono da MPX: nova injeção de recursos na empresa de energia São Paulo - A...

Grafista comenta ondas Elliot em agen11

04/03/2011 12:16
  O grafista da Intrader Gradual Gillmor Monteiro comenta ondas de Elliot, e demonstra graficamente as ondas e a sua aplicação   No semanal temos um ciclo completo de onda 1 e 2 e o inicio de uma onda 3 no ciclo maior já havendo indícios do movimento de correção no cliclo menor de...

Os desafios do Magazine Luiza após o IPO

01/03/2011 18:27
Ao reagir tarde a seus rivais, Magazine Luiza vai encontrar cenário mais difícil para crescer Daniela Barbosa, de     Germano Luders/EXAME Luiza Helena Trajano, presidente da varejista: cenário mais difícil para crescer São Paulo – A abertura de capital do...

Lucro líquido da Marisa sobe 47,7% em 2010

15/02/2011 10:37
Ganhos da varejista somaram 208,7 milhões e foram impulsionados pela expansão da rede e pela classe C Daniela Barbosa, de     Divulgação Marisa Lingerie: aposta da rede em 2010 A Marisa, maior varejista brasileira especializada em moda feminina e íntima,...

Egito provoca maior fuga desde 2008 de fundos emergentes

08/02/2011 10:07
TONI SCIARRETTA DE SÃO PAULO Os fundos globais de ações focados em países emergentes, cujos principais expoentes são China e Brasil, perderam US$ 7,02 bilhões apenas na semana que vai de 25 de janeiro a 2 de fevereiro. É a maior debandada de investimentos em países emergentes já vista em ...

Saída para o Panamericano seria buscar novos sócios, diz especialista

27/01/2011 16:17
Sem o interesse da Caixa Econômica Federal de aportar recursos, Silvio Santos teria de recorrer a novos investidores para cobrir o rombo do banco Beatriz Olivon, de EXAME.com    Comentários (0) Antonio Cruz/Wikimedia Commons Silvio Santos: Rombo no Panamericano pode ser maior que...

Com queda acumulada de mais de 11% no mês, Comprar ou Vender AmBev?

26/01/2011 11:54
  Recomendar! Por: Heloisa Ferraz Finocchiaro 24/01/11 - 13h45 InfoMoney SÃO PAULO - Com uma queda de mais de 11% neste mês de janeiro, os papéis da Ambev (AMBV4), parecem ter começado 2011 com o pé esquerdo. O Goldman Sachs chegou a rebaixar na última semana sua recomendação para as...

Hypermarcas efetiva compra da dona das fraldas Puppet

20/01/2011 13:52
Valor total da aquisição da Mabesa é de US$ 194,5 milhões Márcio Juliboni, de EXAME.com    Comentários (0)   Produtos da Hypermarcas: empresa amplia presença em higiene pessoal com a Mabesa São Paulo – A Hypermarcas informou,...

Vale ultrapassa Petrobras na lista de empresas exportadoras

18/01/2011 19:13
Mineradora lidera lista com participação de 12% à frente de 250 empresas rankeadas Marcio Orsolini, de EXAME.com    Comentários (0) DIVULGACAO Vale: campeã de exportações São Paulo – A mineradora Vale respondeu por 11,91% de total de quase ...

Ações que podem disparar com a entrada de dinheiro chinês

11/01/2011 15:32
OGX e HRT podem subir forte no curto prazo com a venda de partes dos blocos exploratórios Gustavo Kahil, de EXAME.com     Chinesa Sinopec comprou 40% da Repsol Brasil em 2010 por US$ 7,1 bilhões São Paulo – Os chineses estão sedentos por petróleo e é essa sede que pode levar as...
<< 55 | 56 | 57 | 58 | 59 >>