Braskem estuda criar pólo petroquímico no Peru

25/11/2011 11:38

Por: Brasil Econômico

A Braskem e a PetroPerú estudam a viabilidade de um projeto petroquímico no Peru

A Braskem e a PetroPerú estudam a viabilidade de um projeto petroquímico no Peru é estudar a viabilidade da implementação de unidades para a produção integrada de 1,2 milhão de toneladas por ano de eteno e polietilenos.

A Braskem e a Petróleos Del Perú (PetroPerú), empresa estatal dedicada ao transporte, refino e comercialização de combustíveis, assinaram um memorando de entendimento para análise técnica e econômica da viabilidade de um projeto petroquímico no Peru.

O projeto está em fase de confirmação de viabilidade e sujeito às negociações dos contratos definitivos e aprovações societárias das partes.

Este empreendimento fará parte do denominado Projeto Integrado do Sul, que inclui a construção do Gasoduto Andino do Sul, pela empresa Kuntur, e de um moderno complexo industrial na região Sul do Peru.

O pólo petroquímico será localizado na costa do Pacífico e terá capacidade de atender tanto ao mercado peruano como ao de outros países da região andina.

Em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), as empresas não divulgaram os valores da transação.