BRF negocia associação para avançar na China

01/06/2011 10:53

Empresa pretende formar uma joint-venture para construir uma fábrica no país em 2012

 
Raquel Landim, da

EXAME

Brasil Foods

O parceiro escolhido é a Dah Chong Hong, que tem capital aberto na Bolsa de Hong Kong

São Paulo - A BRF - Brasil Foods comunicou ontem que iniciou as negociações para formar uma joint-venture (associação) com a companhia Dah Chong Hong, sediada em Hong Kong. Este é o primeiro passo de um ambicioso plano de expansão na China, que pode culminar com a construção de uma fábrica em 2012. A BRF foi formada após a fusão da Sadia e da Perdigão, mas o negócio ainda espera a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).


Em fato relevante divulgado ao mercado ontem, no fim da tarde, a BRF informou que o propósito das negociações é o estabelecimento de uma joint-venture "para distribuição no mercado chinês, processamento local, desenvolvimento da marca Sadia na China e alcance dos canais de varejo e food service".

"Se concretizadas, as operações deverão abranger os mercados de Hong Kong, Macau e China continental", explica a companhia brasileira na nota. Como o documento de intenções assinado é preliminar e os detalhes da proposta ainda estão em discussão entre as empresas, o valor do negócio não foi informado.

O parceiro escolhido é a Dah Chong Hong (DCH) Limited. A empresa tem capital aberto na Bolsa de Hong Kong e faz parte de um conglomerado que se tornou um dos maiores distribuidores de automóveis, alimentos e produtos de consumo na China. Atualmente, a DCH é controlada pelo Grupo Citic Pacific, que é 57,5% estatal. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.