Buffett está perto do “juízo final”, diz antigo preferido

07/01/2013 14:32

David Sokol, que já foi considerado o sucessor do bilionário, foi duro com o antigo chefe depois da SEC encerrar investigações sobre um caso de insider trading

Size_80_marcela-ayres-2Marcela Ayres, de

David Yellen/EXAME.com

David Sokol e Warren Buffett

David Sokol e Warren Buffett: relação desgastada por suposto caso de insider trading

São Paulo - Até o início de 2011, o executivo David Sokol era tido pelo mercado como o provável sucessor de Warren Buffett na holding de investimentos Berkshire Hathaway. Em poucos meses, protagonizou um suposto episódio de insider trading, pediu demissão da companhia e viu suas ações serem taxadas de "imperdoáveis" e "inexplicáveis" por um comitê auditor da empresa.

Terminado o período de investigações da SEC, a CVM americana, Sokol enfim resolveu falar. E não foi nada sutil. Ao jornal The Wall Street Journal, ele direcionou a metralhadora giratória para o antigo chefe, que tem 82 anos.

"Eu nunca vou entender porque o Sr. Buffett escolheu ferir minha família de tal forma, mas dado que ele está se aproximando rapidamente do dia do seu juízo final, vou deixar esse veredicto para uma força maior", afirmou em e-mail.

Sokol pediu demissão da Berkshire no fim de março de 2011. Na época, Buffett negou que a saída tivesse qualquer relação com a compra da fabricantes de lubrificantes Lubrizol. Anter de propor a aquisição, Sokol teria comprado ações da companhia a um preço inferior àquele desembolsado pela Berkshire mais tarde.

Em comunicado ao mercado, Buffett afirmou que o afastamento estaria ligado ao desejo do executivo de desenvolver projetos pessoais. "Eu não solicitei sua renúncia e ela foi uma surpresa para mim", completou.

Cerca de um mês depois, no entanto, um comitê de auditoria da Berkshire divulgou um relatório responsabilizando Sokol pela controversa investida. Segundo o documento de 19 páginas, a participação de Sokol na Lubrizol teria crescido de 10 milhões de dólares para cerca de 13 milhões depois de fechado o negócio. O time de auditores disse ainda que Sokol não teria sido transparente ao omitir detalhes sobre esses papéis.

Na reunião anual de investidores da Berkshire Hathaway, Buffett fez coro. "Não acho que haja qualquer dúvida sobre a indesculpável parte em que Dave violou o código de ética, nossas regras de insider trading e os princípios que eu defendo".

A investigação da SEC, por outro lado, chegou a uma conclusão diferente. Na última quinta-feira, a autarquia informou que não abriria um processo administrativo contra Sokol por considerar não haver provas indicando que o executivo tinha conhecimento do acordo que aconteceria com a Berkshire no momento em que ele comprou ações da Lubrizol. Essa antecipação é que tornaria sua conduta ilegal.

Procurado pelo WSJ, Buffett não se manifestou.

 

Últimas Notícias

Ethiopian Airlines considera comprar aviões da Embraer

23/11/2015 23:30
©afp.com / Jenny Vaughan Ethiopian Airlines: empresa planeja quase que sobrar sua frota até 2025 Da REUTERS Montreal - A Ethiopian Airlines, maior companhia aérea da África, quer comprar 10 aviões de fuselagem estreita e está considerando jatos da brasileira Embraer e da...

Governo prepara capital bilionário para a Petrobras

20/11/2015 13:43
Paulo Whitaker/Reuters Reforço de capital: o aporte será via IHCD, uma operação que funciona como um contrato de crédito praticamente sem data de vencimento Adriana Fernandes e Mônica Ciarelli, do Estadão Conteúdo Brasília e Rio - O governo estuda um reforço bilionário na...

Petrobras negocia financiamentos de US$1,84 bi com agências

16/11/2015 21:48
REUTERS/Sergio Moraes Sede da Petrobras no Rio: a Petrobras afirmou que as operações estão em linha com sua estratégia de diversificação de fontes de financiamento Da REUTERS Rio de Janeiro - A Petrobras está concluindo negociações com agências de crédito internacionais em...

Cemig lucra R$ 166,954 milhões no 3º trimestre

14/11/2015 12:17
Arquivo Cemig: no acumulado de janeiro a setembro o lucro da companhia atingiu R$ 2,185 bilhões, alta de 8,21% sobre igual intervalo de 2014 André Magnabosco, do Estadão Conteúdo São Paulo - A estatal mineira Cemig acumulou lucro líquido de R$ 166,954 milhões no terceiro...

Prejuízo da Rossi diminui 35% no 3º trimestre

10/11/2015 21:07
Divulgação Rossi Residencial: receita líquida alcançou R$ 259,4 milhões, queda de 37,4% na comparação anual Fátima Laranjeira, do Estadão Conteúdo A Rossi Residencial registrou prejuízo líquido de R$ 171,1 milhões no terceiro trimestre de 2015, valor 35% menor do que as perdas de...

Valor de ativos à venda no Brasil chega a R$ 150 bilhões

08/11/2015 19:57
Ueslei Marcelino/Reuters Só a Petrobras quer levantar US$ 15,1 bilhões em 2015 e 2016 com a venda de ativos Naiana Oscar e Mônica Scaramuzzo, do Estadão Conteúdo São Paulo - O Brasil tem, neste momento, cerca de R$ 150 bilhões em ativos à venda, segundo cálculos feitos por bancos...

Lucro da Tractebel cai 35% no 3° tri para R$347,6 m

06/11/2015 19:01
Arquivo Tractebel Energia Tractebel: lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da companhia somou 771,7 milhões de reais no terceiro trimestre Da REUTERS São Paulo - A geradora Tractebel Energia reportou...

CCR tem queda de 28,6% no lucro do 3º trimestre

27/10/2015 21:29
Wikimedia Commons CCR: companhia obteve melhora no resultado operacional no período Da REUTERS São Paulo - A companhia de concessões de infraestrutura CCR teve queda de 28,6 por cento no lucro líquido do terceiro trimestre na comparação anual, a 247 milhões de reais, em resultado...

Assembleia de Deus vai lançar operadora de celular

30/09/2015 21:07
Getty Images Celular: a mais nova operadora virtual do país vai se chamar Mais AD e tem parceria com a Movtte Da REUTERS São Paulo - A Assembleia de Deus, que tem cerca de 18 milhões de fiéis no Brasil, vai lançar uma operadora de celular que utilizará capacidade de rede da...

BTG conclui compra de suíço BSI por US$1,29 bi, diz fonte

15/09/2015 19:44
Gustavo Kahil / Exame.com BTG Pactual: o grupo liderado por André Esteves anunciou nesta terça-feira ter pago 1,25 bilhão de francos suíços para selar a compra Aluísio Alves e Guillermo Parra-Bernal, da REUTERS São Paulo - O BTG Pactual concluiu a compra da gestora suíça de...
<< 1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>