Controlada da Inepar fechará contrato de até US$ 911 milhões

23/07/2012 18:17

 

IESA Óleo e Gás assinará acordo com Tupi BV e Guará BV para venda de módulos de compressão de gás

  
Size_80_alice-agnelli
Alice Agnelli, de
 
 
Divulgação/PetrobrásPré-sal garante oportunidades a pequenas e médias

Pré-Sal: Peças serão usadas em plataformas para incrementar a produção de petróleo

São Paulo – A Inepar, por meio de sua controlada IESA Óleo e Gás, assinará nos próximos dias um contrato com a Tupi BV e com a Guará BV no valor de 720,4 milhões de dólares. A quantia poderá chegar a 911,3 milhões de dólares.

O acordo será para que a empresa forneça 24 módulos de compressão de gás, injeção de gás natural e CO2, capazes de incrementar a produção de petróleo. Os equipamentos serão distribuídos entre seis plataformas. A esse número, poderão ser somados mais oito módulos para outras duas plataformas replicantes do Pré-Sal, o que aumentaria o valor do contrato.

A empresa terá 54 meses para fornecer todos os equipamentos. Por isso, a IESA está construindo uma nova unidade em Charqueadas, no Rio Grande do Sul, com investimento de 100 milhões de reais. Ao todo, são 350 mil metros quadrados de terreno e 19 mil metros quadrados de área construído. A companhia prevê que serão gerados mais de 1,5 mil postos de trabalho na região.

“A Inepar atinge desta forma uma carteira total de pedidos da ordem de R$ 5 bilhões, alcançando um novo patamar na sua trajetória de crescimento.”, disse a empresa, em comunicado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).