Eike aposta em novos executivos para conter queda nas ações

12/11/2012 10:34

 

O novo grupo de executivos inclui Luiz Carneiro, que assumiu o cargo de diretor-presidente da OGX Petróleo & Gás Participações SA

Juan Pablo Spinetto, da
 
Oscar Cabral/VejaEmpresário Eike BatistaA queda dos papéis levou Eike Batista a se comprometer a gastar até US$ 2 bilhões do próprio bolso para fortalecer o caixa da OGX e da OSX Brasil SA

São Paulo - O bilionário Eike Batista está apostando que as mudanças feitas no comando de suas empresas vão conseguir recuperar a confiança de investidores depois que as frustrações com resultados e atrasos na produção eliminaram US$ 15 bilhões em valor de mercado das companhias este ano.

Eike, 56, vai apresentar sua nova equipe a investidores em Nova York esta semana. O novo grupo de executivos inclui Luiz Carneiro, que assumiu o cargo de diretor-presidente da OGX Petróleo & Gás Participações SA. Carneiro é um dos cinco executivos de alto escalão nomeados para o grupo desde junho. As ações da OGX acumulam baixa de 64 por cento este ano.

A queda dos papéis levou Eike a se comprometer a gastar até US$ 2 bilhões do próprio bolso para fortalecer o caixa da OGX e da OSX Brasil SA, empresa de serviços à indústria de petróleo. Ele também acenou com a possibilidade de vender participações para estrangeiros e de fechar o capital da LLX Logística SA, que será uma operadora de portos.

As quatro maiores empresas do grupo com capital aberto tiveram um prejuízo antes de juros, impostos, epreciações e amortizações de US$ 198 milhões nos primeiros nove meses do ano. O resultado está abaixo da projeção feita por Eike em março, que era de uma geração de caixa de US$ 1 bilhão este ano.

“Eike é um empreendedor maravilhoso, um ótimo vendedor e acho que ele vendeu ganhos e lucros antes que se tornassem realidade”, disse Arthur Byrnes, que administra cerca de US$ 800 milhões na Deltec Asset Management LLC em Nova York e que pretende ir à apresentação de Eike e sua equipe. “Ele prometeu demais e entregou de menos.”

“O Grupo EBX está capitalizado, com cerca de US$ 9 bilhões em caixa, recursos suficientes para garantir a execução dos projetos desenvolvidos no País. Todas as companhias de capital aberto do Grupo EBX vêm cumprindo seus planos de negócios, com funding substancialmente equacionado para os próximos anos”, disse a companhia em resposta por e-mail a pedido de comentários da Bloomberg.

 

 

Últimas Notícias

Ethiopian Airlines considera comprar aviões da Embraer

23/11/2015 23:30
©afp.com / Jenny Vaughan Ethiopian Airlines: empresa planeja quase que sobrar sua frota até 2025 Da REUTERS Montreal - A Ethiopian Airlines, maior companhia aérea da África, quer comprar 10 aviões de fuselagem estreita e está considerando jatos da brasileira Embraer e da...

Governo prepara capital bilionário para a Petrobras

20/11/2015 13:43
Paulo Whitaker/Reuters Reforço de capital: o aporte será via IHCD, uma operação que funciona como um contrato de crédito praticamente sem data de vencimento Adriana Fernandes e Mônica Ciarelli, do Estadão Conteúdo Brasília e Rio - O governo estuda um reforço bilionário na...

Petrobras negocia financiamentos de US$1,84 bi com agências

16/11/2015 21:48
REUTERS/Sergio Moraes Sede da Petrobras no Rio: a Petrobras afirmou que as operações estão em linha com sua estratégia de diversificação de fontes de financiamento Da REUTERS Rio de Janeiro - A Petrobras está concluindo negociações com agências de crédito internacionais em...

Cemig lucra R$ 166,954 milhões no 3º trimestre

14/11/2015 12:17
Arquivo Cemig: no acumulado de janeiro a setembro o lucro da companhia atingiu R$ 2,185 bilhões, alta de 8,21% sobre igual intervalo de 2014 André Magnabosco, do Estadão Conteúdo São Paulo - A estatal mineira Cemig acumulou lucro líquido de R$ 166,954 milhões no terceiro...

Prejuízo da Rossi diminui 35% no 3º trimestre

10/11/2015 21:07
Divulgação Rossi Residencial: receita líquida alcançou R$ 259,4 milhões, queda de 37,4% na comparação anual Fátima Laranjeira, do Estadão Conteúdo A Rossi Residencial registrou prejuízo líquido de R$ 171,1 milhões no terceiro trimestre de 2015, valor 35% menor do que as perdas de...

Valor de ativos à venda no Brasil chega a R$ 150 bilhões

08/11/2015 19:57
Ueslei Marcelino/Reuters Só a Petrobras quer levantar US$ 15,1 bilhões em 2015 e 2016 com a venda de ativos Naiana Oscar e Mônica Scaramuzzo, do Estadão Conteúdo São Paulo - O Brasil tem, neste momento, cerca de R$ 150 bilhões em ativos à venda, segundo cálculos feitos por bancos...

Lucro da Tractebel cai 35% no 3° tri para R$347,6 m

06/11/2015 19:01
Arquivo Tractebel Energia Tractebel: lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da companhia somou 771,7 milhões de reais no terceiro trimestre Da REUTERS São Paulo - A geradora Tractebel Energia reportou...

CCR tem queda de 28,6% no lucro do 3º trimestre

27/10/2015 21:29
Wikimedia Commons CCR: companhia obteve melhora no resultado operacional no período Da REUTERS São Paulo - A companhia de concessões de infraestrutura CCR teve queda de 28,6 por cento no lucro líquido do terceiro trimestre na comparação anual, a 247 milhões de reais, em resultado...

Assembleia de Deus vai lançar operadora de celular

30/09/2015 21:07
Getty Images Celular: a mais nova operadora virtual do país vai se chamar Mais AD e tem parceria com a Movtte Da REUTERS São Paulo - A Assembleia de Deus, que tem cerca de 18 milhões de fiéis no Brasil, vai lançar uma operadora de celular que utilizará capacidade de rede da...

BTG conclui compra de suíço BSI por US$1,29 bi, diz fonte

15/09/2015 19:44
Gustavo Kahil / Exame.com BTG Pactual: o grupo liderado por André Esteves anunciou nesta terça-feira ter pago 1,25 bilhão de francos suíços para selar a compra Aluísio Alves e Guillermo Parra-Bernal, da REUTERS São Paulo - O BTG Pactual concluiu a compra da gestora suíça de...
<< 1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>