Excesso de liquidez pressiona grandes bancos brasileiros

30/11/2017 15:57

Os maiores bancos do Brasil têm tantos ativos de alta liquidez que estão tentando se livrar deles.

Os maiores Bancos do Brasil têm tantos ativos de alta liquidez que estão tentando se livrar deles.

Com crédito levando mais tempo do que o esperado para se recuperar, as principais instituições financeiras estão lutando para encontrar maneiras de aplicar os depósitos que captam de clientes, o que tem elevado o caixa e os ativos mais líquidos das instituições financeiras. Ao mesmo tempo, a queda acentuada dos juros limitou o retorno dos bancos com o investimento de seus ativos de maior liquidez. É uma situação que tem inquietado alguns analistas.

“A maior preocupação com o excesso de liquidez seria o impacto potencial nas margens”, afirmou Tito Labarta, analista do Deutsche Bank. “No passado, com taxas de juros mais elevadas, você simplesmente investia em títulos do governo e tinha um retorno bastante decente. Mas agora, isso é mais difícil com as taxas de juros caindo.”

Os maiores bancos brasileiros têm muito mais do que o percentual mínimo exigido em ativos de curto prazo — chegando a até três vezes mais do que o necessário. O Banco Central determina que grandes instituições financeiras mantenham ativos de alta liquidez equivalentes a pelos menos 80 por cento da saída líquida de caixa projetada em uma eventual crise. O índice mínimo de liquidez de curto prazo (LCR, em inglês) vai ser ampliado para 90 por cento em 2018 e 100 por cento em 2019.

Cobertura

Atualmente, o LCR do Banco do Brasil, maior do País em ativos, é mais que o triplo do que precisaria ser, em 260,2 por cento. E isso após recuar de um patamar de 443,5 por cento no ano passado, diante não da redução dos ativos líquidos, mas sim das exigências maiores do BC para saídas de caixa em cenários de estresse.

O Itaú Unibanco Holding, o maior em valor de mercado, trabalha com LCR de 200,7 por cento; o Banco Bradesco, com 154,4 por cento; e o Banco Santander Brasil, com 133 por cento.

Para diminuir parte dessa liquidez de curto prazo, seria preciso que o crédito crescesse, mas essa variável não acompanhou a recuperação da economia brasileira. A carteira total de empréstimos no sistema bancário encolheu 1,4 por cento nos 12 meses até outubro para R$ 3,05 trilhões, de acordo com dados do BC.

“Esta é uma das razões pelas quais os bancos estão abrindo suas plataformas, permitindo que os clientes comprem investimentos financeiros de outras instituições: a liquidez de curto prazo excedente”, afirmou Carlos Macedo, analista do Goldman Sachs Group, acrescentando que a demanda por crédito segue fraca e que os bancos ainda estão conservadores na hora de conceder empréstimos.

Uso dos recursos

Para não deixar dinheiro parado, os bancos estão recomprando ações ou fazendo aquisições, disse Macedo. Segundo ele, ao longo dos últimos dois anos, o Itaú recomprou aproximadamente R$ 1 bilhão em ações todo trimestre. Além disso, o banco anunciou há pouco mais de um ano a compra da operação de varejo do Citigroup no Brasil e em maio anunciou a aquisição da XP Investimentos.

O Bradesco recebeu sinal verde das autoridades para comprar a divisão local do HSBC Holdings em meados do ano passado. Macedo espera recuperação plena do crédito em 2019, após um aumento modesto no ano que vem. Segundo ele, os bancos precisarão continuar cortando custos para manter a lucratividade nos níveis atuais, inclusive fechando agências e investindo em tecnologias que produzam economias de longo prazo.

“Com a Selic caindo, margens menores no ano que vem estão praticamente telegrafadas”, disse Macedo. “A questão é quanto elas vão diminuir.”

Últimas Notícias

Embraer e Horizon Air fecham contrato de US$ 2,8 bi

12/04/2016 22:53
Divulgação/Embraer Jato E175, da Embraer: com esse contrato, a Embraer já vendeu 332 aviões E175 a companhias aéreas da América do Norte Da AFP A Embraer assinou um acordo com a americana Horizon Air para a venda de 30 aeronaves E175, por 2,8 bilhões de dólares a preço de...

Eletrobras contrata banco para vender ativos da Eletrosul

28/03/2016 22:57
Adriano Machado/Bloomberg Linhas de transmissão da Eletrobras: estatal quer levantar 2 bilhões com venda de ativos, que incluem usinas eólicas e linhas de transmissão da Eletrosul. Da REUTERS São Paulo/Rio de Janeiro - A estatal Eletrobras contratou o banco Credit Suisse para...

CSN é condenada a pagar multa de R$ 13 mi

13/02/2016 18:00
Douglas Engle/Bloomberg News CSN: siderúrgica leva multa por problemas em Usina Presidente Vargas Do Estadão Conteúdo Rio – A CSN foi condenada a pagar R$ 13 milhões por ter descumprido um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), segundo o Ministério Público do Rio de...

Fitch diz que resultado da Gol eleva risco de inadimplência

04/02/2016 20:22
Exame.com/Karin Salomão Gol: para a Fitch, o principal risco à nota da Gol é a deterioração da demanda, que deve sofrer pressão dado o ambiente econômico no Brasil Marcelo Osakabe, do Estadão Conteúdo São Paulo - Caso não ocorra novo aporte de capital por parte de seus...

Eletrobras vai avaliar ativos da Abengoa, diz presidente

26/01/2016 21:01
Divulgação Subestação Assis, da Abengoa Brasil: no Brasil, a Abengoa tem sua principal atuação na transmissão de energia, segmento em que a própria Eletrobras atua fortemente Leonardo Goy, da REUTERS Brasília - A estatal Eletrobras vai analisar a possibilidade de disputar ativos...

Rio Tinto pode tirar Vale do 1º lugar em produção de minério

24/01/2016 18:32
Yusuf Ahmad/Reuters Funcionário da Vale: Rio Tinto prevê que a produção de suas minas, incluindo as toneladas alocadas a parceiros, aumentará cerca de 7 por cento neste ano David Stringer, da Bloomberg A Rio Tinto está prestes a empatar com a Vale – ou até mesmo desbancá-la – no...

Terminal da Vale no Maranhão será o maior do mundo em 2018

06/01/2016 22:27
Minério de ferro no Terminal Marítimo da Ponta da Madeira, da Companhia Vale do Rio Doce Da REUTERS São Paulo - O porto de Ponta da Madeira (TMPM), operado pela mineradora Vale em São Luís (MA), que completa 30 anos de operação nesta quarta-feira, está em processo de expansão para...

Calotes deixam Petrobras com R$1 bi a receber, diz Aneel

07/12/2015 20:55
Ueslei Marcelino/Reuters Petrobras: documento lista os créditos de empresas do setor nas liquidações financeiras da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica Da REUTERS São Paulo - A suspensão de liquidações financeiras do mercado de energia elétrica e a inadimplência elevada...

CPFL vê onda de venda de ativos com estrangeiros na disputa

03/12/2015 21:21
Divulgação CPFL: a CPFL pode aproveitar para ampliar sua fatia no mercado brasileiro de distribuição, hoje em 13 por cento Luciano Costa, da REUTERS São Paulo - A CPFL Energia vê um cenário aquecido para vendas de ativos de geração e distribuição de energia no Brasil nos próximos...

BTG Pactual anuncia Persio Arida como CEO interino

25/11/2015 21:37
Flavio Santana/Biofoto/EXAME.com Pérsio Arida, do BTG Pactual: nomeação ocorreu após a Polícia Federal ter prendido nesta manhã o fundador e presidente-executivo do BTG Pactual, André Esteves Da REUTERS São Paulo - O BTG Pactual afirmou nesta quarta-feira que o Conselho de...
<< 1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>