“Fica Agnelli” vira campanha de internautas no Twitter

25/03/2011 13:30

Internautas alternam manifestações de apoio ao executivo e críticas ao governo

Matt Writtle

Roger Agnelli inclina-se para a frente

Agnelli: internautas entram no debate sobre o futuro do presidente da Vale

São Paulo - A permanência de Roger Agnelli no comando da Vale ganhou a adesão dos internautas, que lançaram a campanha “Fica Agnelli” no Twitter (#FicaAgnelli). O movimento começou na quarta-feira (23/3), mas vem ganhando força à medida que a saída do executivo torna-se mais provável.


As manifestações variam da crítica à interferência do governo na queda de Agnelli, a declarações de apoio ao presidente da Vale. “Quem manda em empresa privada são os acionistas e investidores, não o governo”, e “P/ quem acredita em gestão eficiente, resultado e meritocracia e não acredita em político administrando empresa” são algumas das mensagens postadas até agora.

O movimento não consta, porém, nos Trending Topics do Twitter, seja no mundo, seja no Brasil. Outros internautas estão deixando manifestações com as hashtags #Agnelli e #Vale.

Nota à imprensa

Na manhã desta sexta-feira (25/3), Agnelli divulgou uma nota à imprensa sobre sua possível saída da Vale. Em um texto curtíssimo, o presidente da companhia declarou que seu cargo pertence aos acionistas e que tudo o que pode fazer, agora, é trabalhar.

Os rumores de que Agnelli deixará a Vale ganharam força nesta semana, com a notícia de que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, reuniu-se com o presidente do conselho de administração do Bradesco, Lázaro Brandão, para pedir formalmente a saída do executivo.

O problema, agora, seria encontrar um substituto que agrade ao governo, ao Bradesco e ao mercado. O mandato de Agnelli como presidente da Vale vence em abril e precisaria ser renovado pela Assembleia Geral Ordinária marcada para o fim desse mês.