HRT diz negociar venda de participação no Campo de Polvo

12/12/2013 21:39

Petroleira está negociando com a empresa norueguesa BW Offshore a venda de uma parte de sua fatia de 60% no Campo de Polvo, na Bacia de Campos

Yuriko Nakao/Bloomberg
Plataforma de petróleo

Plataforma de petróleo: segundo a HRT, a BWO assinou um protocolo de intenções para a aquisição de 30 por cento do Campo de Polvo

Rio de Janeiro - A petroleira HRT está negociando com a empresa norueguesa BW Offshore a venda de uma parte de sua fatia de 60 por cento no Campo de Polvo, na Bacia de Campos, adquirida da BP, informou a empresa brasileira em comunicado nesta quinta-feira.

Ao responder questionamento da BM&FBovespa após publicação de reportagem no jornal Valor Econômico, a empresa informou que "vem conduzindo negociações com algumas companhias em relação a diversas oportunidades de negócios, incluindo, entre outras, a venda de participação em seus ativos".

CLIQUE AQUI E TESTE SUA PLATAFORMA DE NEGOCIAÇÃO GRÁTIS.

Segundo a HRT, a BWO assinou um protocolo de intenções para a aquisição de 30 por cento do Campo de Polvo. Contudo, os acordos definitivos estão sujeitos a um processo de diligência a ser conduzido pela BWO e a aprovações regulatórias, governamentais e do Conselho de Administração.

A venda da participação no Campo de Polvo da BP para a HRT ainda precisa ser aprovada pela Agência Nacional de Petróleo (ANP).

"Reconhecemos que estamos atualmente em discussões comerciais com a BP e a BWO para chegar a um acordo em relação aos documentos relacionados ao processo de transição", disse a HRT.

"A BWO é proprietária e operadora do FPSO (plataforma) Polvo, por meio de um contrato firme até o terceiro trimestre de 2014, com a opção de renovação até o terceiro trimestre de 2022." A HRT informou ainda que as discussões são confidenciais e que, caso resultem em um acordo vinculante e definitivo, os detalhes serão divulgados ao mercado.