Lucro de varejistas corre risco com retração no consumo

12/04/2013 10:18

Os consumidores brasileiros estão reduzindo compras de móveis e eletrodomésticos pela primeira vez em quase quatro anos

Christiana Sciaudone, da
 
Reuters/Nacho Doce

Homem em meio a fogões em loja

As vendas no varejo tiveram queda de 0,2 por cento em fevereiro na comparação com o mesmo mês do ano anterior, segundo dados do IBGE

 

São Paulo - Os consumidores brasileiros estão reduzindo compras de móveis e eletrodomésticos pela primeira vez em quase quatro anos, colocando em risco os lucros de varejistas como Magazine Luiza SA e Cia. Brasileira de Distribuição Grupo Pão de Açúcar.

As vendas no varejo tiveram queda de 0,2 por cento em fevereiro na comparação com o mesmo mês do ano anterior, segundo dados do IBGE divulgados ontem.

O recuo surpreendeu todos os 27 analistas ouvidos em pesquisa Bloomberg, cujas estimativas variavam de alta de 1,2 por cento a 6,5 por cento. Compras de alimentos e bebidas foram as responsáveis pelo maior declínio, seguido de bens duráveis, roupas e sapatos.

O volume de vendas de móveis e eletrodomésticos caiu 1%, primeira queda desde de junho de 2009.

Consumidores têm reduzido a compra de itens mais caros com a aceleração da inflação afetando o poder de compra enquanto a estagnação do crescimento e a expectativa de alta na taxa básica de juros reduz a confiança do consumidor.

As ações do setor de consumo discricionário haviam tido o melhor retorno no Ibovespa na segunda metade do ano passado mesmo com a desaceleração da economia.

“Isso pegou todo mundo de surpresa”, disse Daniel Snowden, analista de mercados emergentes da Informa Global Markets em Londres, em entrevista por telefone. “A demanda dos consumidores vinha tão forte nos últimos ano e meio, a interrupção nas compras é uma surpresa.”

 

Últimas Notícias

Hypermarcas formaliza compra da York por R$95 milhões

17/09/2010 16:45
A companhia passará a deter pouco mais de 99 por cento do capital da York, fabricante e distribuidora de hastes flexíveis, curativos, absorventes e algodões Exame/Arquivo Hypermarcas pagou 95 milhões de reais pela York São Paulo - A Hypermarcas formalizou na...

JBS Friboi pode desistir de associação na Itália

17/09/2010 16:41
JBS revelou agravamento das relações com grupo italiano Cremonini e afirmou que não há mais condições de manter a sociedade   Arquivo Gado do JBS: joint venture com italianos será rompida São Paulo - O presidente do conselho de administração da Inalca JBS, Marco...

Sinopec e CNOOC podem fazer oferta de US$7 bilhões pela OGX

11/09/2010 14:38
Empresa de Eike Batista pode vender participações em blocos petrolíferos após descobertas de hidrocarbonetos Reuters  HONG KONG - A chinesas Sinopec Group e CNOOC estão fazendo ofertas por participações em ativos detidos pela OGX, empresa petrolífera iniciante do empresário...
<< 56 | 57 | 58 | 59 | 60