Meu Primeiro Gradiente inspira volta da empresa ao mercado

28/02/2012 10:30

companhia registra produto infantil no Inmetro e espera voltar às prateleiras em abril

Daniela Barbosa, de

Flickr

Gradiente

Gradiente aposta em linha de produtos para público infanto-juvenil

São Paulo – A Gradiente vai investir nas crianças e adolescentes em sua volta ao mercado. A empresa, que pretende retomar suas atividades em abril, deve lançar uma linha de aparelhos digitais para o público infanto-juvenil.

No final de janeiro, a Companhia Brasileira de Tecnologia Digital (CBTD), arrendatária da Gradiente, pediu a certificação no Inmetro de um produto para essa faixa etária, no qual as crianças podem tirar fotos e editá-las. A solicitação ao Inmetro é o sinal mais concreto, até o momento, do interesse da companhia nesse mercado.  
Segundo uma pessoa próxima à empresa ouvida por EXAME.com, a linha batizada de “Meu Primeiro Gradiente”, que faz menção ao gravador infantil desenvolvido pela companhia na década de 80, terá diversos produtos para esse público, como câmeras, aparelho de DVD e TV.
“A companhia detectou que no Brasil há uma grande carência de produtos digitais para o público infantil, por isso resolveu investir nesse mercado”, disse a fonte, que prefere não ser identificada.

Outras apostas

Além dos produtos para crianças, a Gradiente deve apostar em um novo segmento: o de informática. A princípio, a companhia vai focar no desenvolvimento de notebooks e tablets, com o intuito de se diferenciar das demais companhias. O carro-chefe da empresa continua sendo o segmento de eletroeletrônicos, principal ramo de atuação da companhia.
Dentre as apostas, está a produção de tablets. A CBTD planeja produzir 30.000 unidades neste primeiro momento e ir aumentando a produção nos próximos anos. Em 2013, a produção total pode chegar a 120.000 unidades, quatro vezes maior que no primeiro ano de produção, segundo documento enviado à Secretária de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico do Amazonas (Seplan).
Desde o ano passado, a Gradiente já está em operação e caminha para se consolidar como uma empresa completa. No início de janeiro, Eugênio Staub, presidente do conselho da IGB Eletrônica, companhia que detém os direitos da marca, assumiu um compromisso e afirmou que os novos produtos da Gradiente chegarão ao mercado em abril deste ano.