OSX chega a acordo com credores para reestruturação

13/03/2014 21:20

Companhia disse ter chegado a um acordo com detentores de títulos sobre os termos da reestruturação das condições financeiras dos bônus de sua subsidiária

Sergio Moraes/Reuters

Um funcionário inspeciona a FPSO OSX-1, a primeira unidade flutuante de produção e armazenamento (FPSOs) da frota da OSX, no porto do Rio de Janeiro

Um funcionário inspeciona a FPSO OSX-1, a primeira unidade flutuante de produção e armazenamento (FPSOs) da frota da OSX, no porto do Rio de Janeiro

 

Rio de Janeiro - A empresa de construção naval OSX informou nesta quinta-feira ter chegado a um acordo "em princípio" com detentores de títulos sobre os termos da reestruturação das condições financeiras dos bônus de sua subsidiária OSX3.

Segundo comunicado da empresa em recuperação judicial, a proposta de reestruturação prevê aumento na taxa de juros dos títulos, de 9,25 por cento ao ano para 13 por cento ao ano e prêmio único, a ser pago mediante emissão e entrega de novos bônus.

Os credores também terão direito de eleger um diretor independente nas companhias do Grupo OSX3 e um diretor observador na OSX Leasing. Também poderão incluir o direito de recompra dos bônus a valor de face em favor da Óleo e Gás, ex-OGX, caso os bônus não sejam refinanciados em seu vencimento.

CLIQUE AQUI E TESTE SUA PLATAFORMA DE NEGOCIAÇÃO GRÁTIS.

O acordo também incluiu alterações no contrato de afretamento de plataforma com a Óleo e Gás. A taxa diária de afretamento, retroativa a 19 de novembro, passa a ser de 250 mil dólares.

Também foi definida a entrega pela Óleo e Gás de uma carta de fiança bancária no valor de 25 milhões de dólares em favor da OSX3 e do Bond Trustee para assegurar o cumprimento de suas obrigações nos termos do contrato de afretamento, que pode ser utilizada no caso de não pagamento da taxa diária de afretamento pela Óleo e Gás.