Petra negocia venda de fatia de 30% em 7 blocos para BTG

26/09/2013 21:29

Negociação já foi encaminhada ao órgão antitruste (Cade) para análise preliminar, com valor do negócio ainda não divulgado

Yuriko Nakao/Bloomberg

Plataforma de petróleo

Plataforma de petróleo: blocos negociados são operados pela OGX Maranhão, que possui 70 por cento das áreas

Rio de Janeiro - A Petra Energia informou que negocia a venda de participação de 30 por cento em sete blocos da Bacia do Parnaíba para o BTG Pactual.

A negociação, afirmou uma porta-voz da Petra, já foi encaminhada ao órgão antitruste (Cade) para análise preliminar. O valor do negócio não foi divulgado.

Os blocos são operados pela OGX Maranhão, que possui 70 por cento das áreas.

"Foi realizado um requerimento junto ao Cade, seguindo procedimento regulatório que compõe parte de uma operação de venda", afirmou à Reuters a diretora corporativa da Petra Energia, Ana Bizzoto, em resposta por e-mail.

Ela acrescentou que, porém, ainda existem vários outros pontos a serem cumpridos até a conclusão efetiva da venda, tanto regulatórios quanto gerenciais e jurídicos.

Procurado, o BTG não comentou o assunto.

"Só será possível dizer que houve efetivamente a venda quando e se houver o 'closing', que depende de diversos procedimentos, a exemplo do Cade", disse.

Recentemente, a Petra declinou também de áreas na Bacia do Parnaíba que arrematou na 11a Rodada de Petróleo. A empresa possui ainda participação em áreas exploratórias em outras bacias, como a do São Francisco.

A Petra é parceira da OGX Maranhão nas áreas que poderá vender para o BTG.

A OGX Maranhão foi constituída em parceria com a petroleira OGX, de Eike Batista, para explorar e produzir o gás natural que abastece as usinas termelétricas controladas pela Eneva, ex-MPX, no Complexo Termelétrico do Parnaíba.

A empresa de energia Eneva afirmou em comunicado na terça-feira que é natural que tenha interesse em participar futuramente do controle acionário da OGX Maranhão, já que possui 33,3 por cento da empresa --a participação restante pertence à OGX.

Se o interesse se confirmar, portanto, a Eneva poderá se tornar sócia do BTG Pactual nos blocos.

 

Últimas Notícias

Ethiopian Airlines considera comprar aviões da Embraer

23/11/2015 23:30
©afp.com / Jenny Vaughan Ethiopian Airlines: empresa planeja quase que sobrar sua frota até 2025 Da REUTERS Montreal - A Ethiopian Airlines, maior companhia aérea da África, quer comprar 10 aviões de fuselagem estreita e está considerando jatos da brasileira Embraer e da...

Governo prepara capital bilionário para a Petrobras

20/11/2015 13:43
Paulo Whitaker/Reuters Reforço de capital: o aporte será via IHCD, uma operação que funciona como um contrato de crédito praticamente sem data de vencimento Adriana Fernandes e Mônica Ciarelli, do Estadão Conteúdo Brasília e Rio - O governo estuda um reforço bilionário na...

Petrobras negocia financiamentos de US$1,84 bi com agências

16/11/2015 21:48
REUTERS/Sergio Moraes Sede da Petrobras no Rio: a Petrobras afirmou que as operações estão em linha com sua estratégia de diversificação de fontes de financiamento Da REUTERS Rio de Janeiro - A Petrobras está concluindo negociações com agências de crédito internacionais em...

Cemig lucra R$ 166,954 milhões no 3º trimestre

14/11/2015 12:17
Arquivo Cemig: no acumulado de janeiro a setembro o lucro da companhia atingiu R$ 2,185 bilhões, alta de 8,21% sobre igual intervalo de 2014 André Magnabosco, do Estadão Conteúdo São Paulo - A estatal mineira Cemig acumulou lucro líquido de R$ 166,954 milhões no terceiro...

Prejuízo da Rossi diminui 35% no 3º trimestre

10/11/2015 21:07
Divulgação Rossi Residencial: receita líquida alcançou R$ 259,4 milhões, queda de 37,4% na comparação anual Fátima Laranjeira, do Estadão Conteúdo A Rossi Residencial registrou prejuízo líquido de R$ 171,1 milhões no terceiro trimestre de 2015, valor 35% menor do que as perdas de...

Valor de ativos à venda no Brasil chega a R$ 150 bilhões

08/11/2015 19:57
Ueslei Marcelino/Reuters Só a Petrobras quer levantar US$ 15,1 bilhões em 2015 e 2016 com a venda de ativos Naiana Oscar e Mônica Scaramuzzo, do Estadão Conteúdo São Paulo - O Brasil tem, neste momento, cerca de R$ 150 bilhões em ativos à venda, segundo cálculos feitos por bancos...

Lucro da Tractebel cai 35% no 3° tri para R$347,6 m

06/11/2015 19:01
Arquivo Tractebel Energia Tractebel: lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da companhia somou 771,7 milhões de reais no terceiro trimestre Da REUTERS São Paulo - A geradora Tractebel Energia reportou...

CCR tem queda de 28,6% no lucro do 3º trimestre

27/10/2015 21:29
Wikimedia Commons CCR: companhia obteve melhora no resultado operacional no período Da REUTERS São Paulo - A companhia de concessões de infraestrutura CCR teve queda de 28,6 por cento no lucro líquido do terceiro trimestre na comparação anual, a 247 milhões de reais, em resultado...

Assembleia de Deus vai lançar operadora de celular

30/09/2015 21:07
Getty Images Celular: a mais nova operadora virtual do país vai se chamar Mais AD e tem parceria com a Movtte Da REUTERS São Paulo - A Assembleia de Deus, que tem cerca de 18 milhões de fiéis no Brasil, vai lançar uma operadora de celular que utilizará capacidade de rede da...

BTG conclui compra de suíço BSI por US$1,29 bi, diz fonte

15/09/2015 19:44
Gustavo Kahil / Exame.com BTG Pactual: o grupo liderado por André Esteves anunciou nesta terça-feira ter pago 1,25 bilhão de francos suíços para selar a compra Aluísio Alves e Guillermo Parra-Bernal, da REUTERS São Paulo - O BTG Pactual concluiu a compra da gestora suíça de...
<< 1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>