Petrobras comenta plano de investimentos

25/07/2011 14:27

Pela primeira vez a empresa anunciou que fará desinvestimentos - no valor de 13,6 bilhões de dólares

Bruno Veiga/Divulgação

Plataforma da Petrobras

Plataforma da Petrobras: meta de produção de longo prazo da empresa subiu

São Paulo - Na última sexta-feira, a Petrobras anunciou seu plano de investimentos para o período entre 2011 e 2015. O valor definido foi de 224,7 bilhões de dólares para os próximos cinco anos. O conselho já havia rejeitado duas versões anteriores do plano.

O plano foi divulgado com um valor  0,3% acima do plano anterior (para o período 2010-2014). Do total dos investimentos previstos, 57% serão destinados a área de Exploração e Produção, 31% para a área de Abastecimento e Refino, 6% para Gás e Energia, 1% para a área Corporativa, 2% para petroquímica, 1% para distribuição e 2% para biocombustíveis.

A meta de produção de longo prazo da empresa subiu de 5,382 milhões de boed para 6,418 millhões de boed em 2020. No plano, a empresa descarta uma nova emissão de ações e explica que a geração operacional de caixa se mantém como principal fonte de financiamento do orçamento previsto até 2015. A empresa prevê gerar de 125 a 148,9 bilhões de caixa próprio no período e captar entre 91,4 a 67 bilhões de dólares.