Petrobras cria precedente perigoso ao não pagar dividendo

19/05/2015 21:23

Paulo Whitaker/Reuters

Logo da Petrobras visto em frente prédio da companhia em São Paulo

Logo da Petrobras em frente prédio da companhia: a Petrobras informou que não pagaria dividendos para preservar o caixa

Paula Arend Laier, da REUTERS

São Paulo - O não pagamento de dividendos pela Petrobras aos acionistas preferencialistas pode "depreciar definitivamente" a atratividade dessa classe de ações, criando um precedente perigoso no mercado de capitais brasileiro, avaliou nesta terça-feira o gestor Alexandre Póvoa, sócio na Canepa Asset Management.

Em abril, quando divulgou com meses de atraso seu balanço auditado do ano passado com prejuízo de 21,6 bilhões de reais, a Petrobras informou que não pagaria dividendos para preservar o caixa, apesar de ter cerca de 100 bilhões de reais em reservas de lucro.

Póvoa argumentou, em relatório a clientes, que a vantagem da ação preferencial reside, quando faltam recursos, na garantia de um valor mínimo "teoricamente garantido" - no caso, pela reserva de lucros.

"Em troca dessa vantagem, o preferencialista abre mão do seu direito a voto. Esse é o conceito básico ensinado aos investidores de geração em geração, há décadas, desde os tempos da saudosa Bolsa do Rio de Janeiro, na Praça XV", disse o gestor em relatório.

ADVERTISEMENT

Diante do não pagamento dos dividendos sobre o exercício de 2014, o gestor questiona qual a razão que levaria um "investidor racional" a optar pela compra de uma ação PN ao invés uma ordinária, com direito a voto.

Nesse contexto, Póvoa, autor de livros sobre precificação de ações, avalia que a tendência de abertura do diferencial de cotações entre os papéis ON sobre os preferenciais, observada nos último tempos, deve continuar.

Em 2015, as ações ordinárias da Petrobras acumulam ganho de quase 45 por cento, enquanto os papéis preferenciais sobem um pouco menos de 30 por cento.

CLIQUE AQUI E TESTE SUA PLATAFORMA DE NEGOCIAÇÃO GRÁTIS.

O sócio da Canepa também avalia que a decisão da empresa deverá dificultar muito as captações futuras a partir do uso de ações preferenciais.

"A empresa já declarou que não pretende fazer nenhuma capitalização em 2015. Porém, a partir de 2016, a nova realidade poderá obrigar a empresa a dispor da emissão de ações ordinárias para futuras emissões, o que limita muito o potencial de captação, dado que o governo tem dificuldades fiscais e não deseja ver sua a sua participação diluir", afirmou.

Ele também não descarta risco em outras companhias.

"Essa deterioração da percepção quanto à qualidade de uma ação preferencial não é um "almoço grátis" para as empresas", disse Póvoa, avaliando que as companhias que sempre primaram em usar esse papel em emissões secundárias poderão ter dificuldades em convencer os investidores a partir de agora.

 

Últimas Notícias

Desafios da Petrobras ficam mais difíceis, diz Credit Suisse

11/09/2015 00:26
Dado Galdieri/Bloomberg Petrobras: de acordo com o banco, pesam sobre a companhia sua necessidade de financiamento de US$ 25 bilhões por ano Antonio Pita, do Estadão Conteúdo Rio - O cenário que já era delicado e preocupante para a Petrobras ficou ainda mais difícil após o...

Gerdau reajusta preços de aços longos, dizem fontes

08/09/2015 22:34
Paulo Fridman/Bloomberg News Gerdau: notificação do reajuste ocorreu entre o fim de agosto e o início deste mês Da REUTERS São Paulo - A Gerdau comunicou aos distribuidores de produtos siderúrgicos um aumento de cerca de 15 por cento nos preços de toda a sua linha de aços longos,...

Walmart vai parar de vender fuzis e outras armas nos EUA

26/08/2015 20:41
Joshua Lott/Files/Reuters Fuzil AR-15 em exposição Jonas Carvalho, de EXAME.com São Paulo – O Walmart informou hoje que vai parar de vender armas semiautomáticas em suas lojas nos Estados Unidos. O maior vendedor de armas e munições americano diz que a decisão é somente comercial e...

CCX obtém novo prazo para desenvolver concessão na Colômbia

28/07/2015 20:41
Divulgação CCX explora carvão na Colômbia: empresa declarou que o prazo para apresentação do plano foi prorrogado para setembro de 2017 Da REUTERS Rio de Janeiro - A mineradora CCX Colômbia informou nesta terça-feira que obteve permissão da Agencia Nacional de Mineria da Colômbia...

Santander reformula pacotes de conta corrente

21/07/2015 21:03
Getty Images Com a mudança, o cliente do Santander poderá escolher entre dois tipos de pacotes de serviços de conta corrente Aline Bronzati, do Estadão Conteúdo São Paulo - O Santander reformulou seus pacotes de conta corrente, lançados há dois anos, e vai permitir que a tarifa...

Com crescimento lento, empresas buscam fusões e aquisições

22/06/2015 21:24
Giuseppe Cacace/Getty Images Parmalat: compra da área de laticínios da BRF por R$ 1,8 bilhão foi uma das transações feitas no Brasil este ano Luísa Melo, de EXAME.com São Paulo - Em tempos de crise e queda no consumo, como agora, crescer organicamente é uma tarefa...

Marfrig dispara após venda bilionária para dona da Friboi

22/06/2015 15:20
                  O negócio segue a estratégia da JBS de crescer em alimentos processados São Paulo - As ações ordinárias da Marfrig lideravam a alta do Ibovespa nesta...

Crise não preocupa no longo prazo, diz presidente da Ambev

02/06/2015 20:44
Germano Lüders / EXAME Fábrica da Ambev: previsão é gastar R$ 3 bilhões neste ano, no mesmo patamar de 2014. Fernanda Nunes, do Estadão Conteúdo Rio de Janeiro - A crise econômica no Brasil não deve afetar os negócios da cervejaria Ambev neste ano, afirmou nesta...

Citi descarta comprar HSBC e vender Elavon no Brasil

27/05/2015 23:38
Mario Tama/Getty Images Prédio Citigroup Center: o banco está poupando dinheiro, pois prevê que os índices de inadimplência do setor bancário no país devem crescer nos próximos trimestres Da REUTERS São Paulo - O Citi já tomou as decisões importantes em termos de alienação de...

Com aumento de impostos, bancos têm semana trágica na Bolsa

25/05/2015 11:45
  RecomendeCompartilhar no TwitterCompartilhar no Google+Compartilhar no LinkedIn 1.148 views0 Salvar notícia Getty Images São Paulo - A expectativa de que o governo aumentaria os impostos das instituições financeiras impactaram as ações...
<< 2 | 3 | 4 | 5 | 6 >>