Petrobras poderá importar gás da Bolívia até dezembro

06/02/2013 10:19

O MME prorrogou a autorização para a empresa importar gás natural da Bolívia para abastecer a Usina Termelétrica Mário Covas e a Companhia Mato-Grossense de Gás (MTGás)

Luci Ribeiro, do
 
Getty ImagesExploração de gás na China

O volume do gás natural a ser adquirido é de 2,24 milhões de metros cúbicos por dia, por meio do Gasoduto Lateral-Cuiabá

Brasília - O Ministério de Minas e Energia (MME) prorrogou para 31 de dezembro deste ano a autorização para a Petrobras importar gás natural da Bolívia para abastecer a Usina Termelétrica Mário Covas e a Companhia Mato-Grossense de Gás (MTGás).

Portaria publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial da União altera uma outra portaria do MME que autorizava a importação até dezembro do ano passado.

O volume do gás natural a ser adquirido é de 2,24 milhões de metros cúbicos por dia, por meio do Gasoduto Lateral-Cuiabá.