Prejuízo da OGX, de Eike Batista, dispara 1.226% no 3º tri

09/11/2012 12:29

 

Nos nove primeiros meses do ano, perdas da empresa somam R$ 887 milhões, ante R$ 177 milhões no mesmo período do ano passado

08 de novembro de 2012 | 19h 41
Sabrina Valle, da Agência Estado

RIO - A OGX, do empresário Eike Batista, registrou prejuízo líquido de R$ 343,6 milhões no terceiro trimestre desse ano, aumento de 1.226% em relação à perda de R$ 25,9 milhões do mesmo período do ano passado. O resultado, contudo, representa uma melhora em relação ao prejuízo de R$ 398,6 milhões registrado no segundo trimestre. Nos nove primeiros meses do ano, o prejuízo da empresa soma R$ 887 milhões, ante R$ 177 milhões no mesmo período do ano passado.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) negativo atingiu R$ 51,6 milhões no trimestre, variação de 57% em relação aos R$ 121,9 milhões registrados no mesmo período de 2011. As despesas com exploração totalizaram R$ 36 milhões no trimestre, contra R$ 50 milhões no terceiro trimestre de 2011.

Nos primeiros nove meses desse ano a companhia apresentou uma despesa financeira líquida de R$ 106 milhões em comparação a uma despesa financeira líquida de R$ 212 milhões no mesmo período do ano passado.

O prejuízo líquido dos nove primeiros meses do ano decorre, segundo a OGX, principalmente de gastos com campanha exploratória no valor de R$ 172,6 milhões; despesas administrativas e gerais de R$ 158,6 milhões; despesa de efeito contábil de R$ 460,2 milhões, referente a poços secos e áreas subcomerciais; despesas de variação cambial, sobretudo não realizada, de R$ 366,1 milhões; despesa financeira líquida de R$ 106,9 milhões; e custo do óleo vendido após o fim do TLD de R$ 124,6 milhões.

A OGX informou ter desembolsado US$ 588 milhões no terceiro trimestre. Comparado com o trimestre anterior, a companhia obteve um ligeiro aumento devido a gastos com sua operação terrestre e com o desenvolvimento dos campos de Tubarão Martelo e Tubarão Azul, informou.

A OGX mantém posição de caixa de aproximadamente US$ 2,5 bilhões. "Considerando as operações do quarto trimestre, a OGX espera encerrar 2012 com uma posição de caixa de aproximadamente US$ 1,8 bilhão", diz a empresa.

 

Últimas Notícias

Hypermarcas formaliza compra da York por R$95 milhões

17/09/2010 16:45
A companhia passará a deter pouco mais de 99 por cento do capital da York, fabricante e distribuidora de hastes flexíveis, curativos, absorventes e algodões Exame/Arquivo Hypermarcas pagou 95 milhões de reais pela York São Paulo - A Hypermarcas formalizou na...

JBS Friboi pode desistir de associação na Itália

17/09/2010 16:41
JBS revelou agravamento das relações com grupo italiano Cremonini e afirmou que não há mais condições de manter a sociedade   Arquivo Gado do JBS: joint venture com italianos será rompida São Paulo - O presidente do conselho de administração da Inalca JBS, Marco...

Sinopec e CNOOC podem fazer oferta de US$7 bilhões pela OGX

11/09/2010 14:38
Empresa de Eike Batista pode vender participações em blocos petrolíferos após descobertas de hidrocarbonetos Reuters  HONG KONG - A chinesas Sinopec Group e CNOOC estão fazendo ofertas por participações em ativos detidos pela OGX, empresa petrolífera iniciante do empresário...
<< 56 | 57 | 58 | 59 | 60