Vale transfere fatia em empresa na Guiné para BSG

14/03/2015 16:22

Divulgação

Logo da Vale

Vale: empresa ressaltou que isso não significa qualquer renúncia no direito da mineradora de cobrar da BSGR a perda dos investimentos na parceria

Da REUTERS

São Paulo - A Vale informou que transferiu nesta sexta-feira sua participação acionária na joint venture com a BSG Resources na Guiné para a companhia, mas ressaltou que isso não significa qualquer renúncia no direito da mineradora de cobrar da BSGR a perda dos investimentos na parceria.

CLIQUE AQUI E TESTE SUA PLATAFORMA DE NEGOCIAÇÃO GRÁTIS.

 

O governo da Guiné revogou os direitos minerários da joint venture VBG em abril de 2014 sem qualquer constatação de irregularidades por parte da Vale, disse a mineradora.

O governo da Guiné apontou irregularidades da parte da BSGR, acusando braço de mineração do bilionário israelense Beny Steinmetz de obter os direitos de concessão por meio de corrupção.

Os direitos da Vale incluíam o depósito gigante de minério de ferro de Simandou.

Após a obtenção dos direitos minerários, a BSGR vendeu 51 por cento de seus ativos na Guiné para a Vale em 2010, quando foi criada a VBG, em um negócio de 2,5 bilhões de dólares.

A Vale pagou 500 milhões de dólares no ato, com pagamentos futuros condicionados ao cumprimento de metas de produção.

Durante a divulgação de resultados do quarto trimestre de 2014, a Vale informou uma baixa contábil de 1,676 bilhão de reais no projeto de minério de ferro de Simandou, complementando uma baixa contábil de 1,118 bilhão de reais reconhecida no segundo trimestre de 2014, "à medida que discussões com o governo do país (Guiné) não progrediram da forma esperada e as incertezas aumentaram em relação ao reconhecimento e à compensação dos investimentos da Vale no local".

A BSGR rejeitou acusações de irregularidades e iniciou uma arbitragem internacional para manter seus direitos.

No mês passado, o governo da Guiné afirmou que esperava começar um leilão pelos direitos minerários de metade da reserva de Simandou --uma das maiores áreas inexploradas de minério do mundo-- nos próximos dois meses.

 

Últimas Notícias

Hypermarcas formaliza compra da York por R$95 milhões

17/09/2010 16:45
A companhia passará a deter pouco mais de 99 por cento do capital da York, fabricante e distribuidora de hastes flexíveis, curativos, absorventes e algodões Exame/Arquivo Hypermarcas pagou 95 milhões de reais pela York São Paulo - A Hypermarcas formalizou na...

JBS Friboi pode desistir de associação na Itália

17/09/2010 16:41
JBS revelou agravamento das relações com grupo italiano Cremonini e afirmou que não há mais condições de manter a sociedade   Arquivo Gado do JBS: joint venture com italianos será rompida São Paulo - O presidente do conselho de administração da Inalca JBS, Marco...

Sinopec e CNOOC podem fazer oferta de US$7 bilhões pela OGX

11/09/2010 14:38
Empresa de Eike Batista pode vender participações em blocos petrolíferos após descobertas de hidrocarbonetos Reuters  HONG KONG - A chinesas Sinopec Group e CNOOC estão fazendo ofertas por participações em ativos detidos pela OGX, empresa petrolífera iniciante do empresário...
<< 56 | 57 | 58 | 59 | 60